NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTO E REPÚDIO

O SINDICATO DOS GUARDAS CIVIS MUNICIPAL DE FRONTEIRA, por meio de seu corpo jurídico e diretoria executiva, vem a público manifestar apoio às ações desenvolvidas pelos GCFron e ao trabalho desempenhado pela GU, frente a fato ocorrido por volta das 22h30 deste sábado 26/06/2021, Rua Ovidio Derzi, Bairro Jamil Saldanha Derzi.

Ao mesmo tempo, rechaça as insinuações veiculadas pelo Sr. R.C.S através de página no Facebook, que não somente atingem a conduta ilibada da Guarnição em serviço, mas toda Guarda Municipal que tem se notabilizado por sua conduta ostensiva e elevado comprometimento com a segurança da sociedade.

As informações noticiadas são infundadas e proferidas na tentativa de desqualificar a atuação da Guarda Municipal, pois demonstram inconformismo com a atuação forte da instituição na manutenção da ordem pública.

A atuação da Guarnição se deu após chamado via 153, vizinhos na denuncia relataram que havia som auto, aglomeração em via publica com participação de menores e muita bebida, após a presente constatação, a guarnição dispersou os envolvidos, checando a documentação do veiculo e do proprietário, o veiculo foi apreendido por falta de documentação, tal situação gerou resistência pelo proprietário ao ser comunicado que não poderia retirar do veiculo o som automotivo por se tratar de equipamento probatório do delito e estar acoplado ao bem apreendido.

Diante da resistência e do desacato, a Guarnição deu voz de prisão para o Sr. R.C.S que imediatamente evadiu-se do local adentrando a residência de familiares que em defesa do mesmo impediram a apreensão. A guarnição no uso moderado da força conteve o tumulto fazendo-se necessária a apreensão do autor, que em seguida foi conduzido para a Delegacia de Policia Civil juntamente com sua esposa, para a lavratura do Boletim de Ocorrência.

Diante do exposto, o SINDICATO DOS GUARDAS CIVIS MUNICIPAL DE FRONTEIRA presta os devidos esclarecimentos e externa repúdio a qualquer manifestação descabida que tenha a pretensão de mudar a opinião pública e macular a lisura, a honestidade e a função publica da Guarda Municipal e aos agentes desta ocorrência, emprestando a estes o apoio para buscarem a reparação cível e criminal contra todos os ofensores.

Ponta Porã-MS, 27 de Junho de 2021

Franks Riccele Silva Boeira
Presidente SGCMFron

Últimas notícias

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: