Polícia Paraguaia identifica supostos pistoleiros mortos em confronto no Paraguai

As sete pessoas mortas em um tiroteio entre policiais e supostos pistoleiros no bairro Brítez Cué de Canindeyú foram identificados nesta quarta-feira (29). A maioria deles tem antecedentes criminais e entre eles há um adolescente.

A Polícia Nacional obteve as identidades dos sete supostos assassinos mortos durante um tiroteio no bairro Brítez Cué do Departamento de Canindeyú na madrugada desta quarta-feira.

De acordo com um relatório preliminar, os nomes foram obtidos através de documentos de identidade, o sistema automatizado de identificação de impressões digitais (AFIS) e por reconhecimento de parentes, informou o Telefuturo.

Há também Mario Darío González Da Cruz (38), com antecedentes criminais; Antonio Montiel Méndez (30) com vários mandados de prisão e um adolescente de 17 anos.

O comissário Fredy Duarte, subchefe de Investigações de Canindeyú, disse à reportagem que quatro dos mortos foram identificados horas depois da meia-noite.

“Essas pessoas foram reconhecidas em outros casos de assassinos contratados”, disse ele.

Os falecidos são Silvio Benítez Segovia (20 ), que tem um histórico de homicídio doloso; Milciades Díaz Vera (41), sem antecedentes; Anselmo Montiel Méndez (35), com vários mandados de prisão, e José Domingo Benítez Segovia (25), com mandado de prisão.

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: