Morto após atentado na fronteira foi atingido por 13 tiros

Sem categoria

Humberto Emílio Pereira Alvarenga, de 32 anos, foi assassinado com 13 tiros nesta quarta-feira (28) em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Ele ainda tentou fugir do pistoleiro correndo, foi socorrido após os disparos, mas morreu no hospital.

Conforme as informações do registro policial, Humberto foi atingido por 13 disparos, dos quais 1 atingiu o tórax e os outros todos no órgão genital e nas nádegas. Quando as equipes chegaram ao local do crime, no Centro da cidade, Humberto estava dentro do carro, no banco de trás.

Várias capsulas ainda foram apreendidas no local, possivelmente de calibre 9mm. Humberto tentou se esconder no Polo branco, quando foi atingido pelos disparos, que também acertaram o carro. Ele estava consciente e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado como homicídio qualificado pela traição, de emboscada.

Deixe sua opinião