Vereadores autorizam doação de terreno para construção de escola estadual no Kamel Saad

Política vereadores

Os vereadores de Ponta Porã aprovaram por unanimidade, em regime de urgência especial, um projeto de lei de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza a doação de uma área ao Estado de Mato Grosso do Sul para que seja construída uma escola.

A área está localizada no bairro Kamel Saad. A escola estadual a ser construída deverá funcionar em período integral e terá 24 salas de aula. A aprovação dos vereadores ocorreu na sessão ordinária de 22 de novembro na Câmara Municipal de Ponta Porã que teve uma novidade: o retorno às atividades parlamentares do Vereador Candinho Gabínio. Ele retornou ao cargo após ficar sete meses atuando como secretário Municipal de Governo e Comunicação, na Prefeitura Municipal.

Em seu retorno, Candinho disse que voltou com a sensação do dever cumprido, pois auxiliou o Prefeito Hélio Peluffo no desenvolvimento de diversas ações que resultaram em benefício para a população pontaporanense. Candinho Gabínio ocupa o lugar da Vereadora Angela Derzi, que se licenciou para ocupar o cargo de secretária Adjunta da Secretaria Municipal de Assistência Social. Ambos fazem parte da bancada do PSDB, a maior do Legislativo Municipal.

Na sessão os parlamentares debateram e votaram os seguintes projetos: PLC Nº 26/2022/CM – Altera a Lei Complementar nº 221, de 26 de julho de 2022, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores efetivos do Município de Ponta Porã. Autoria: Poder Executivo.

Também foram aprovados 85 projetos de decretos legislativos que concedem honrarias a personalidades e instituições atuantes no Município. Entre as honrarias estão Medalha do Mérito Legislativo, Comenda Fronteira de Economia Título de Cidadão Pontaporanense.

AUDIÊNCIA DO ORÇAMENTO

Na sessão, o Presidente da Casa de Leis, Vanderlei Avelino, aproveitou para convidar a população de Ponta Porã para participar da Audiência Pública que vai debater o Orçamento de 2023. A audiência será realizada na próxima quinta-feira, 24 de novembro, no Plenário Isaac Borges Capillé. A Lei Orçamentária Anual deverá ser a única matéria a ser apreciada e votada nas duas sessões ordinárias previstas para o mês de dezembro.

De acordo com Vanderlei Avelino, a audiência pública que contará com a presença de representantes do Poder Executivo Municipal, será a oportunidade para que

a população saiba detalhes da previsão da situação financeira da Prefeitura para o próximo ano. O Município está prevendo arrecadar, em 2023, a quantia de R$ 644 milhões.

Informações da Assessoria*

Deixe sua opinião