Mulher mata amante para evitar que caso fosse descoberto pelo marido e rouba R$ 35 mil da vítima depois do crime em MS

0
681
Banner 300x250

Segundo a polícia, Bruna Daniela de Oliveira confessou ter matado Valdomiro Pereira, na cidade de Nova Andradina.

Bruna Daniela de Oliveira, de 31 anos, foi presa e confessou ter matado o amante Valdomiro Pereira, de 54 anos, para evitar que o caso entre os dois fosse descoberto, na cidade de Nova Andradina (MS) – a 297 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, a mulher ainda roubou da conta da vítima R$ 35 mil após o crime.Além de Bruna, a polícia também prendeu Alex José Alves, de 22 anos. Ele é sobrinho da suspeita e receberia R$ 10 mil para ajudar na execução. O jovem foi preso em uma rodovia do munícipio.

Valdomiro foi assassinado a tiros, na noite de terça-feira (12), na varanda de casa, e o corpo só foi encontrado horas depois. De acordo com a Polícia Civil, a equipe de investigação descobriu que R$ 35 mil haviam sido transferidos da conta bancária da vítima depois de sua morte.

A perícia constatou que o corpo de Valdomiro apresentava três perfurações provocadas por disparos de arma de fogo na região do tórax e que as câmeras de segurança instaladas na residência haviam sido arrancadas.

Após diligências, os policiais descobriram que Bruna foi até a casa do amante tomar tereré. Na residência, segundo a polícia, a mulher e o comparsa atiraram na vítima, com a arma do mesmo. Em seu depoimento, a suspeita detalhou que o crime aconteceu depois que a vítima ameaçou contar ao marido dela sobre o relacionamento entre os dois.

Bruna e Alex foram presos por homicídio e furto qualificados.

g1

Relacionado

Deixe sua opinião