“Maníaco da Lanterna” aterroriza rodovia de Antônio João atirando em veículos e deixando rastro de medo e caos

0
2139
Fotos e videos: redes sociais
Banner 300x250

Uma onda de terror assola a MS-384, em Antônio João, no Mato Grosso do Sul, com o temido “Maníaco da Lanterna” atacando motoristas e atirando em veículos. Desde o último final de semana, diversos casos foram registrados, deixando duas pessoas baleadas, uma criança ferida por estilhaços e oito veículos atingidos pelos disparos.

O trecho da rodovia é conhecido pela densa mata que o cerca, localizada a 10 quilômetros após o trevo da MS-164, próximo ao assentamento Grupo Antônio João. Os moradores da região estão apavorados e os condutores evitam transitar pelo local com medo do atirador desconhecido.

Segundo relatos, o atirador se esconde na mata e utiliza uma lanterna para sinalizar sua presença antes de abrir fogo contra os veículos. O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e outras viaturas da Polícia Militar estão realizando rondas intensivas para capturar o autor desses ataques violentos. Os veículos foram atingidos nas partes laterais e traseiras, causando danos significativos.

A polícia ressalta a importância do registro de ocorrência por parte das vítimas, pois alguns casos não foram oficialmente reportados. No caso da criança ferida por estilhaços, os policiais tomaram conhecimento apenas porque a família se deparou com uma viatura na rodovia, mas não realizou o registro policial.

Os relatos dos sobreviventes são assustadores. Um ocupante de um dos carros atingidos descreveu o momento em que foram alvo dos disparos: “Estávamos indo para Ponta Porã, eu e mais três amigos, quando chegamos perto da última baixada que tem indo de Antônio João para Ponta Porã, vimos um rapaz na pista com uma lanterna. Logo em seguida, ele disparou três vezes, errando um dos tiros e acertando dois no carro. Um dos tiros acertou a perna de um dos meninos que estavam conosco”.

A situação é considerada atípica pelas autoridades, pois o objetivo do atirador ainda não está claro. Pode ser que ele esteja tentando roubar veículos ou simplesmente se escondendo na região da mata para evitar identificação e realizar assaltos. No entanto, a população está evitando transitar pela rodovia durante a noite, temendo novos ataques.

Relacionado

Deixe sua opinião