“Mega” é assassinado a tiros após briga em bairro da capital

0
45
Banner 300x250

Erick Luciano Santos, de 22 anos, apelidado de “Mega”, foi fatalmente atingido por dois tiros na noite de quarta-feira (1º) em sua residência. Os suspeitos, seu padrasto de 55 anos e enteado de 25 anos, foram presos em flagrante, enquanto um terceiro envolvido, de 27 anos, permanece foragido.

A tragédia aconteceu após uma briga prévia em que a vítima teria espancado com pauladas na cabeça um dos agressores. Em retaliação, o irmão e o padrasto de Erick dirigiram-se à sua casa em um Peugeot 206 prata, resultando na morte do jovem atingido por tiros no tórax e na cabeça.

Testemunhas relataram o momento do crime, observando o veículo estacionado na vizinhança e um dos agressores armado. A Polícia Militar, acionada após o incidente, prendeu o padrasto e o enteado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Coronel Antonino, onde buscavam ajuda médica para o agressor espancado.

O celular do padrasto e uma quantia de R$ 600 foram apreendidos durante a prisão em flagrante, e o caso está registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac-Cepol).


Fonte: Manchete Popular

Relacionado

Deixe sua opinião