“Leandrinho” morre durante confronto com policiais do SIG em Dourados

0
680
Banner 300x250

Leandro Lourenço Gonçalves, 39, o “Leandrinho do PCC”, morreu na madrugada desta quinta-feira (11) após confronto com policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) no Jardim Europa, em Dourados.

De acordo com as primeiras informações sobre o caso, Leandro estava com uma caminhonete Toyota Hilux roubada e já vinha sendo investigado pelos policiais. Ele foi cercado na Rua João Fagundes de Menezes e teria regido atirando. Foi baleado e socorrido ao hospital, mas morreu em seguida.

Integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), Leandro e seus comparsas seriam responsáveis pelo roubo de pelo menos quatro veículos nos últimos dias em Dourados.

Após policiais do SIG e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) recuperarem no Paraguai duas caminhonetes roubadas na madrugada de ontem em Dourados, os policiais tinham a informação de que outros veículos tinham sido encomendados por receptadores do outro lado da fronteira.

Diante dessa informação, policiais do SIG passaram a monitorar possíveis alvos dos bandidos. Durante a madrugada, na região do Jardim Europa, se depararam com uma caminhonete Toyota Hilux cinza. O motorista não obedeceu à ordem de parada.

Leandro desceu pela porta do carona, apontou a arma em direção aos policiais e atirou. Os agentes responderam aos tiros. Baleado com dois disparos, ele foi levado para o hospital, porém morreu antes de receber atendimento. Com vários antecedentes criminais, Leandro Lourenço Gonçalves estava foragido da Justiça.

Em 2013 Leandro foi apontado pela polícia como um dos envolvidos na morte de Marcelo Castro Perruquinho, assassinato que aconteceu dentro das celas da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) a mando dos chefes da facção criminosa. No época, os presos chegaram a serrar grades e quebrar cadeados para chegar até a vítima.
Leandro desceu pela porta do carona, apontou a arma em direção aos policiais e atirou. Os agentes responderam aos tiros

Imagens – Osvaldo Duarte

Relacionado

Deixe sua opinião