Polícia paraguaia destrói 11 hectares de maconha na fronteira de MS

Em mais uma investida contra o tráfico na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul, policiais da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), destruíram aproximadamente 11 hectares de plantações da droga na região de Cerro Kuatia, no departameto de Amambay, no Paraguai, território vizinho de Mato Grosso do Sul. 

As plantações, caso fossem processadas, seriam suficientes para produzir cerca de 33 toneladas de maconha. De acordo com a polícia paraguaia, o prejuízo causado aos traficantes é de cerca de 990 mil dólares.

Duas motocicletas também foram apreendidas, no entanto, ninguém foi preso, conforme o site MS em Foco. A região de Cerro Kuatia é composta por morros de grande altitude, muito procurados por traficantes para o cultivo da droga, justamente pelo difícil acesso. 

Douradosnews

Deixe sua opinião