Jovem é estuprada e agredida por criminosos e fica horas à espera de socorro em Ponta Porã

Jovem de 21 anos viveu momentos de terror na noite do último domingo (31), em Ponta Porã, depois de ser agredida, esfaqueada e estuprada por dois vizinhos. Sem conseguir pedir ajuda, a vítima só foi socorrida somente na manhã desta segunda-feira (1º), quando familiares a encontraram em casa.

O caso, registrado como estupro coletivo e tentativa de feminicídio, aconteceu no distrito de Sanga Puitã. À polícia, a vítima relatou que ela e os criminosos, de 21 e 34 anos, passaram o dia bebendo e usando drogas na casa onde mora com o marido e o avô.

Por volta das 19 horas, um dos homens propôs que os três tivessem relações sexuais, no entanto, recebeu resposta negativa. Irritado com a recusa, ele derrubou a jovem no chão com puxões de cabelo.

Na sequência, o segundo suspeito pegou uma faca e atingiu a vítima diversas vezes na região da cabeça. Sem conseguir gritar ou pedir ajuda, ela foi estuprada pela dupla, que também a agrediu com socos e chutes.

O crime só foi descoberto quando familiares da mulher chegaram na casa na manhã de hoje. Ela foi socorrida e levada com ferimentos graves para o Hospital Regional da cidade. Os homens foram presos em flagrante e levados para a delegacia da cidade.

Fonte: Campograndenews

Deixe sua opinião