Mulher é presa com cocaína e maconha na mala em aeroporto de Ponta Porã

Mulher é presa com cocaína e maconha na mala em aeroporto de MS

Uma mulher de 40 anos foi presa em flagrante, nessa quinta-feira (15), por transportar 21 quilos de cocaína e três quilos de maconha em uma mala, no Aeroporto Internacional de Ponta Porã.

Conforme a Polícia Federal, a mulher estava com uma mala de mão e aguardava pelo check-in.

Quando avistou a polícia, ela demonstrou nervosismo e tentou fugir do local.

Devido à atitude suspeita, equipes das polícias federal e Militar foram atrás e abordaram a mulher, já dentro de um táxi na área externa.

Com auxílio de cães farejadores, foi constatado que havia drogas na mala e, em vistoria, foram encontrados diversos tabletes de cocaína e maconha.

A mulher, que não teve a identidade divulgada, confessou que iria levar a droga de Ponta Porã até São Paulo.

Não foi informado quanto ela receberia pelo transporte e quem receberia os entorpecentes.

A mulher foi presa e encaminhada à Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã/MS e poderá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Valores

Conforme reportagem do Correio do Estado de junho deste ano, o quilo da cocaína no mercado europeu chega a custar R$ 120 mil, segundo o coronel Wagner Ferreira da Silva, do Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

Desta forma, os 21 quilos apreendidos em Ponta Porã poderiam ser avaliados em mais de R$ 2,5 milhões.

Ainda segundo o DOF, diferentemente da maconha, que tem grande consumo interno, 80% da cocaína que entra no Brasil é para exportação para países da Europa, África e Ásia.

No primeiro semestre deste ano, as apreensões já haviam alcançado o maior valor dos últimos 8 anos.

Conforme levantamento realizado pelo Correio do Estado em junho, com dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), de janeiro a 23 de junho, foram apreendidas 8,6 toneladas de cocaína em Mato Grosso do Sul. 

O número é superior ao interceptado durante 12 meses nos últimos 8 anos. 

Em um recorte mais preciso, a apreensão de cocaína pelas forças de segurança estaduais em todo o ano passado foi de 8,03 toneladas.

Fonte: correiodoestado

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: