Líder de facção,”DOGÃO “é executado com vários tiros em condomínio às margens de rio

0
64
Banner 300x250

Um homem foi morto a tiros em uma casa localizada em um condomínio residencial que fica na Represa Capivara, em Sertaneja, no norte do Paraná, na madrugada desta sexta-feira (28). Segundo a Polícia Militar, a vítima foi atingida por vários disparos de tiros de metralhadora. A suspeita é de execução.

A polícia informou que o homem e a esposa se mudaram para o condominío há 15 dias, anteriormente eles moravam em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Os suspeitos do crime chegaram na casa de barco, ainda segundo a polícia. Eles estavam encapuzados e depois de cometerem o crime, fugiram.

A vítima foi identificada como Cléber Riveros Segóvia “DOGÃO” possível líder de facção e acusado de vários crimes da Fronteira.

De acordo com a polícia paranaense, os assassinos , chegaram ao local de barco. Encapuzados, pelo menos 15 suspeitos, participaram da invasão ao condomínio.

Para entrar na mansão em que o traficante estava com a família, os criminosos cortaram o sistema de monitoramento. Depois, os suspeitos separaram a vítima, da esposa e dos filhos e o executaram a tiros.

Cleber Riveros Segovia era acusado de ser o líder do tráfico na fronteira (Divulgação)
Relacionado

Deixe sua opinião