Apreensão de drogas e veículos, na Colônia Puendy, em Capitán Bado (PY)

0
82
Banner 300x250

A Divisão Regional n° 13 do Departamento Antinarcóticos comunicou a apreensão de pessoas, suposta maconha prensada, veículos automotores de procedência duvidosa equipados com rádio base transmissor e portátil, entre outros itens. A operação ocorreu em um caminho vicinal na Colônia Puendy, distrito de Capitán Bado, no departamento de Amambay.

As pessoas apreendidas foram identificadas como Ronald Antonio Lezcano Lezcano, de 25 anos, solteiro, sem documento de identidade no momento do procedimento, residente no bairro Santa Ana da cidade de Pedro Juan Caballero; Derlis Gavilán Villagra, de 28 anos, solteiro, residente no bairro Mcal. López da cidade de Capitán Bado; e Luis Alberto Gavilán Villagra, de 33 anos, solteiro, também residente no bairro Mcal. López de Capitán Bado.

Foram apreendidas as seguintes evidências:

1) Um total de 543 quilos de suposta maconha prensada, distribuídos em 40 bolsas.

2) Um total de 909 quilos de suposta maconha prensada, distribuídos em 66 bolsas.

O total de suposta maconha prensada apreendida foi de 1.532 quilos, divididos em 106 pacotes.

Além disso, foram encontrados os seguintes veículos:

3) Uma caminhonete Chevrolet S10, com placa falsa UAC132.

4) Uma caminhonete Volkswagen Amarok, com placa falsa WHDB199.

5) Um automóvel Ford Fiesta, com placa brasileira JIE3E62.

A ação foi realizada pela Divisão Regional em resposta a uma informação confidencial sobre o transporte de substâncias entorpecentes por via terrestre. Após montar uma vigilância na área mencionada e comunicar o Ministério Público, os policiais identificados abordaram os veículos suspeitos. Durante a verificação dos veículos, constatou-se que estavam carregados com pacotes contendo uma substância verde envolta em fita adesiva colorida (presumivelmente maconha).

Devido à distância e periculosidade da região, bem como às condições climáticas adversas, os veículos e as evidências foram encaminhados à base regional para os procedimentos adequados.

O agente fiscal responsável pelo caso é o Dr. Celso René Morales, da Unidade Especializada de Combate ao Narcotráfico do Departamento de Amambay.

Relacionado

Deixe sua opinião