“Bombado” suspeito de agiotagem é preso em flagrante ao ameaçar policial em MS

0
791
Banner 300x250

Um fisiculturista, de 37 anos de idade, foi preso em flagrante nesta terça-feira, 24/10, em Campo Grande-MS, após ameaçar um policial militar com arma de fogo. Ele irá responder por posse e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo apurado, o indivíduo foi até a casa do policial, com arma em punho, ameaçá-lo, quando foi alvejado em legítima defesa. Na residência dele foram encontradas mais armas, munições e esteróides anabolizantes com origem do Paraguai, bem como indícios da prática de agiotagem. O homem foi preso após ação conjunta das Polícias Militar e Civil. 

No local, o Delegado de Polícia responsável inquiriu uma testemunha ocular e analisou imagens de uma câmera de segurança, confirmando que o policial de fato havia agido em legítima defesa. Segundo comprovado, o autor se deslocou até a residência do servidor, seu vizinho, questionando sobre uma manga que teria caído em sua residência.

Após a negativa do policial, que alegou não conhecer o indivíduo, este teria ameaçado retornar para resolver a questão, e de fato o fez. As imagens mostram o homem retornando à residência da vítima com uma pistola em mãos, atirando uma manga em seu portão e chamando-o, e alimentando a arma já em punho. Na sequência, o policial realiza um único disparo, que atingiu o suspeito na região do quadril, tendo este imediatamente se rendido.

Frente às evidências de flagrante delito, foi realizada busca na casa do indivíduo, onde foram apreendidas: duas armas, sendo uma pistola calibre .380 e uma calibre 9mm; munições 9mm e .380, no total de 81 e duas ampolas de anabolizantes oriundas do Paraguai, além de documentação indicando a prática de agiotagem.

Foram realizadas buscas também em uma barbearia de propriedade do autuado, próximo ao local, mas nada de ilícito foi encontrado. O autor, que está em tratamento hospitalar, foi autuado em flagrante pelos delitos de posse de arma de fogo de uso permitido, porte de arma de fogo de uso restrito, ameaça e receptação.

Relacionado

Deixe sua opinião