PF e MJSP realizam visita oficial ao Paraguai

0
10
Banner 300x250

A visita foi realizada nos dias 26 e 27 de outubro e busca promover a cooperação bilateral na área de segurança pública com o país vizinho

O Diretor Geral da Polícia Federal, Andrei Augusto Passos Rodrigues, acompanhou o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, em visita oficial ao Paraguai, nos dias 26 e 27 de outubro, com o objetivo de promover a cooperação bilateral na área de segurança pública com o país vizinho.

A visita contou ainda com a presença do Diretor de Cooperação Internacional da Polícia Federal, Dr. Valdecy Urquiza, e foi acompanhada pelo Adido da Polícia Federal no Paraguai, Dr. Richard Murad Macedo. 

A comitiva foi recebida pelo Embaixador do Brasil no Paraguai, pela equipe da PF em missão no Paraguai e por autoridades do governo local. 

Em seu primeiro compromisso em Assunção, a delegação brasileira reuniu-se, na Residência Oficial da Embaixada do Brasil, com autoridades de defesa e segurança pública do Paraguai, dentre elas, o Ministro do Interior, o Diretor da Polícia Nacional do Paraguai e o Ministro Secretário de Defesa Nacional.

Na ocasião foi discutida a cooperação entre os dois países em temas de fronteira, com foco especial no fortalecimento de comandos bipartites entre Brasil e Paraguai. Tais comandos tem por objetivo garantir maior efetividade ao combate de crimes na fronteira entre os dois países. 

O Ministro da Justiça e Segurança Pública e o Diretor Geral da PF se reuniram com o Presidente da República do Paraguai, Santiago Peña, ocasião em que foi lançado o “Compromisso de Assunção Contra a Corrupção e o Crime Organizado”. O tratado tem como pontos principais o combate ao tráfico internacional de armas, combate à lavagem de dinheiro e à corrupção. 

As ações delineadas no Compromisso de Assunção sublinham a relevância estratégica conferida pelo Brasil ao Paraguai na luta contra a corrupção e o crime organizado. Trata-se de uma resposta coesa e robusta dos Estados desmantelar redes ilícitas que se aproveitam de conexões internacionais para fortalecer suas operações. 

Participaram da reunião, também, os Ministros paraguaios do Interior, Enrique Riera; da Secretaria Nacional Antidrogas, Jalil Rachid; da Justiça, Angel Barchini; e da Secretaria de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Bens, Liliana Alcaraz. 

Logo após, o Ministro da Justiça, o Diretor Geral da PF, o DCI/PF, o Adido da PF no Paraguai e demais autoridades seguiram para a Secretaria Nacional Antidrogas – SENAD/PY, onde foi assinado o Acordo de Migração firmado entre a Polícia Federal e a Direção de Migracciones do Paraguai. 

O acordo tem por objeto estabelecer mecanismos coordenados de consulta, verificação e troca de informações para fins migratórios, tendentes a facilitar a mobilidade de pessoas entre seus respectivos territórios e fortalecer a cooperação para a prevenção e combate aos crimes transnacionais. 

Na SENAD/PY, o Ministro Jamil Rachid apresentou um retrospecto das operações desenvolvidas desde o início da cooperação policial internacional entre a Polícia Federal e a SENAD, ressaltando, em seu discurso, a importância da cooperação entre as duas instituições no combate às organizações criminosas que impactam a Segurança Pública dos dois países. 

O Diretor Geral da PF, em suas palavras, apontou o sucesso do comprometimento das duas instituições policiais na parceria internacional e destacou a importância da maior operação policial em cooperação internacional de que se tem registro no mundo em erradicação de plantios ilícitos de canabis, a operação “Nova Aliança”.

A operação, que este ano entra em sua 40ª fase, é uma ação conjunta da Polícia Federal do Brasil e da SENAD e tem por objetivo diminuir a circulação de drogas nas fronteiras entre Brasil e Paraguai. 

Ao final, o Ministro da Justiça, Flávio Dino, reafirmou a importância dos compromissos assumidos pelos dois países no tema da segurança pública que é garantidora dos princípios fundamentais da vida e da liberdade de brasileiros e paraguaios.

Relacionado

Deixe sua opinião