Enteada é acusada de matar padrasto na região da Nhecolândia em MS

0
69
Banner 300x250

Antônio Castelo Climaco, de 36 anos, homem morreu esfaqueado nas proximidades da fazenda Figueirinha, na região da Nhecolândia, Pantanal de Corumbá. Foi na tarde de segunda-feira, 15 de janeiro, e a acusada pelo crime é a enteada da vítima.

O boletim de ocorrência traz a informação de que uma mulher foi à Delegacia de Polícia Civil, depois de receber telefonema relatando que a enteada de Antônio, havia esfaqueado Antônio por volta das 14h, não sabendo informar o motivo da briga, e nem a gravidade do ferimento.

Por ser um local de difícil acesso, investigador da Polícia Civil entrou em contato com a Marinha do Brasil, para possível resgate, mas foi informado que o Esquadrão de Helicópteros não faz voo no período noturno.  

Nesta terça-feira (16), por volta das 06h15, o plantão da Polícia Civil foi informado que a aeronave da Marinha decolou por volta das 05h para fazer o resgate da vítima. Porém, Antônio morreu e a corporação não faz translado de corpo.

O caso foi registrado como homicídio simples na 1ª Delegacia de Polícia Civil e segue em andamento. O registro policial não tem informações sobre a acusada do crime.

Relacionado

Deixe sua opinião