Brasil goleia Paraguai e é pentacampeão do Sul-Americano Feminino Sub-17

Foto : Fábio Souza (CBF)

0
28
Banner 300x250

Neste último domingo (31), a Seleção Brasileira Feminina de Futebol sagrou-se pentacampeã do Campeonato Sul-Americano Feminino Sub-17. O título veio com a vitória do Brasil, por 5 a 1, diante do Paraguai na última rodada da fase final do torneio. Os gols brasileiros foram marcados por Juju Harris, Giovanna, Aninha, Kalena e Sofia.

Um empate poderia garantir a terceira taça consecutiva da seleção canarinha, já que a Colômbia somou 5 pontos no torneio e possuía um saldo de gols inferior ao das brasileiras. Com a vitória em cima das paraguaias, o Brasil fechou a competição em 7 pontos.

Além do título, as Guerreiras do Brasil se classificaram para a disputa da Copa do Mundo Feminina da categoria. O Mundial será realizado entre os dias 16 de outubro a 3 de novembro de 2024, na República Dominicana.

O jogo

Mesmo precisando apenas de um empate para levantar a taça, a Seleção Brasileira se impôs desde os minutos iniciais. O primeiro gol veio aos 12 minutos do primeiro tempo. Juju Harris recebeu lançamento na grande área e bateu cruzado. Em seguida, a atacante serviu uma bela assistência para Giovanna marcar mais um aos 13. O terceiro tento foi assinalado em rebote aproveitado por Aninha.

Na segunda etapa, o Paraguai descontou com o gol marcado por Claudia Martínez. Mas logo o Brasil retomou o controle da partida e ampliou o placar com Kalena. A goleada foi fechada com Sofia, que balançou as redes aos 32 minutos.

Classificação ao Mundial antecipada

Antes mesmo de entrar em campo contra o Paraguai, o Brasil já havia se garantido na Copa do Mundo Feminina Sub-17. A classificação brasileira veio após o empate, por 2 a 2, contra a Colômbia, na segunda rodada do quadrangular final do Sul-Americano.

seleção-feminina-sub171.jfif
Seleção Feminina comemora a classificação para o Mundial Sub-17

Com as recentes conquistas, a técnica Simone Jatobá, ex-atleta da Seleção Brasileira, comemorou o feito e destacou o desempenho das meninas do Brasil ao longo da competição.

“O objetivo foi traçado e executado, o que foi o mais importante. Garantir a classificação é um sonho de quase 100% das atletas, já que tivemos duas jogadoras conosco no último ciclo. É também um momento muito importante a vida delas e nossa também para as nossas carreiras e para o futuro delas, principalmente no crescimento do nosso futebol”, elogiou.

Fonte: Itatiaia

Relacionado

Deixe sua opinião