Clinicas da UCP atenderam mais de 41 mil pessoas em Pedro Juan Caballero 2023

0
29
Banner 300x250


Um total de 41.545 pacientes foram atendidos nos 12 meses de 2023 pelas clinicas médicas da Universidade Central do Paraguai (UCP) em Pedro Juan Caballero. Os números foram divulgados nesta terça-feira (9), em uma entrevista coletiva no Centro Tecnológico da instituição, pelo criador do Curso de Medicina na cidade e empresário de ensino superior, Carlos Bernardo.

Acompanhado da médica Juliane de Oliveira, coordenadora de clínicas, de Newton Luiz de Oliveira, diretor de Filial, do coordenador de Internato Zona Norte, Dr. Júnior Diniz e de outros colabores, Carlos disse com que com este tipo de serviço, a UCP cumpre seu papel social e ajuda na qualidade de vida da população da fronteira. Ele salientou que o trabalho desenvolvido pelos médicos, enfermeiros, acadêmicos e outros profissionais da área de saúde, desafoga os postos e hospitais das cidades do Departamento de Amambay e reforça a necessidade da construção de um hospital Binacional para atender paraguaios e brasileiros nas dezenas de municípios da fronteira entre os dois países.
“A nossa universidade tem como prioridade a formação de profissionais com qualidade e com a visão humanista de preocupação com o bem-estar das pessoas e não vamos parar. Temos o projeto da construção do nosso hospital, como o de Ciudad Del Este e juntos aos Governos do Brasil e do Paraguai vamos tornar o Hospital Binacional uma realidade e mudar de vez a história da Saúde Pública na região de fronteira”, disse Carlos Bernardo.


De acordo com os dados divulgados pela Universidade Central do Paraguai (UCP), as doenças respiratórias representam quase que 70 dos casos, seguida pelos problemas causados pela diabetes e suas complicações com 20 por centro dos atendimentos realizados. “São casos que, a princípio podem parecer simples, mas se não forem tratados de forma adequada podem evoluir para o agravamento do quadro e levar até a morte do paciente”, disse Juliana.


A médica Glória Elizethe, coordenadora da Clínica 1, que fica no Bairro Obrero, salientou que as clinicas da UCP estão localizadas em bairros estratégicos o que garante que a população o atendimento próximo de onde mora, já que existe uma dificuldade de locomoção e muitas vezes pelo problema de saúde apresentado, o paciente está debilitado e quanto mais perto de casa tiver o atendimento melhor.
As clinicas da UCP em Pedro Juan Caballero estão localizadas no Bairro Obrero, no Bairro Dom Bosco, no Bairro San Gerardo e a Clínica Central no bairro San Blás e Posto Central da Polícia Nacional no Bairro Santa Tereza. Todos os atendimentos são gratuitos e não necessitam de agendamento. Alguns pacientes além do atendimento clinico recebem medicamentos básicos de atenção primária e a UCP possui um posto de coleta de material para exames laboratoriais com preços populares.

Relacionado

Deixe sua opinião